segunda-feira, 6 de abril de 2009

Hoje e amanhã

Hoje e amanhã

E a noite caí,
iluminada pela lua,
nos teus beijos,
mato a sede infinda,
perdida entre,
os teu toques,
embrulhada nos teus braços,
amar loucamente,
deixar-me invadir,
nas asas da paixão,
que arde intensamente
dentro do meu ser,
hoje é a noite do tudo,
amanhã será o dia do tudo,
ou nada

Seguidores